A segurança em condomínio é um dos assuntos mais importantes quando se trata da construção de novos empreendimentos. Isso porque o investimento nessa área tem sido cada vez maior por parte das construtoras para, assim, proporcionar mais comodidade aos moradores.

São diversos os itens presentes nas novas edificações capazes de oferecer segurança e uma maior proteção a todos. Para saber mais sobre esse assunto, confira algumas informações importantes sobre o tema preparadas pelo Meu Imóvel!

Custos relacionados ao itens de segurança

Hoje em dia, diversos apartamentos novos são entregues com portarias virtuais, oferecendo mais segurança aos moradores. No entanto, como suas instalações acabam tendo um custo de aquisição mais elevado, alguns dão preferência a câmeras de alta tecnologia instaladas na entrada do condomínio.

Algumas das funções desses instrumentos modernos são o reconhecimento facial do morador e seu controle de acesso por biometria. Dessa forma, a pessoas não precisam de autorização prévia do porteiro para entrar no condomínio e, inserindo as digitais, seu acesso é automaticamente liberado.

Dependendo da situação, a biometria ainda pode ser usada no cadastramento das digitais dos visitantes quando forem ao apartamento de algum condômino. Sua instalação, inclusive, é feita de forma rápida e instantânea com leitores biométricos na portaria, software de salvamento de dados e internet presente em algum computador.

Outro ponto importante relacionado aos custos de implantação de segurança em condomínios verticais diz respeito ao tamanho de cada edificação. Empreendimentos com mais unidades e maior fluxo de pessoas talvez precisem dos porteiros para ter um maior controle de entrada e saída de moradores e visitantes.

Por outro lado, nos empreendimentos de apenas uma torre e com poucas unidades, a movimentação tende a ser mais tranquila. Com isso, a segurança e monitoramento da entrada podem ser feitos 100% automatizados, até por conta dos gastos envolvendo portarias virtuais e comuns ficarem mais elevados para cada morador.

Portaria virtual é segura?

Como mencionado acima, as portarias virtuais são um dos principais itens modernos de segurança existentes em um condomínio. Seu objetivo é, justamente, substituir os porteiros tradicionais e fazer todo o monitoramento da entrada do edifício por meio de uma equipe especializada presente em uma central.

O modelo ainda está em fase de adaptação no Brasil e, hoje, é basicamente usado em empreendimentos de alto padrão que enfrentam problemas no sistema de segurança do condomínio. “Em alguns prédios, a portaria física fica próxima ao portão, e assaltantes podem apontar uma arma e coagir o porteiro”, afirma o gerente de soluções da Axis Communications, Paulo Santos.

Contudo, para o sistema funcionar corretamente, o empreendimento precisa contar com internet própria de, pelo menos, 2 MB. Caso contrário, as filmagens correm o risco de ficar embaçadas e sem a nitidez adequada para constatar possíveis infrações.

Vantagens das portarias virtuais

O custo de segurança em condomínios caso as portarias virtuais sejam instaladas tende a ser relativamente menor em relação aos modelos tradicionais com porteiro. Segundo profissionais do setor imobiliário, empreendimentos com essa tecnologia tendem a ter uma redução entre 40 e 50% nos gastos mensais.

Com isso, é possível aplicar os gastos na contratação de outros funcionários. Inclusive, alguns empreendimentos em São Paulo que não tinham zelador, jardineiro, etc., passaram a ter, justamente porque houve esse repasse de recursos sem afetar o valor do condomínio mensal.

Algumas empresas responsáveis por instalar a portaria virtual ainda fazem toda a instalação de cercas elétricas na entrada do condomínio, proporcionando ainda mais segurança. Como os funcionários que controlam o fluxo de pessoas no prédio ficam em uma central, fica mais fácil acionar a polícia ou qualquer órgão público em caso de ocorrências.

Outro benefício diz respeito ao regime de contratação das portarias virtuais. Por ser uma empresa responsável por toda a instalação e monitoramento da entrada do prédio, normalmente seus funcionários são terceirizados. Com isso, o condomínio não possui vínculos empregatícios com nenhuma pessoa.

Nas portarias virtuais, geralmente não há funcionários

A ausência de funcionários nas portarias virtuais pode ser um pequeno entrave proporcionado por esse moderno sistema de segurança em condomínio. Isso porque, muitas vezes, os porteiros acabam auxiliando pessoas idosas e com deficiência a se locomoverem nas áreas internas e outras tarefas.

Além disso, a falta de porteiros leva o condomínio a ficar dependente 100% do sistema virtual, sujeito à falhas e quedas de energia. Portanto, é muito importante que, mesmo a portaria sendo automatizada, ao menos um funcionário seja mantido nas dependências do prédio.

Modernidade, tecnologia e segurança estão presentes em diversos apartamentos novos disponíveis no site do Meu Imóvel. Acesse já e confira diversos lançamentos em São Paulo em municípios próximos!

Copyright © 2017 blog.appmeuimovel.com é uma iniciativa do appmeuimovel.com