Diante do atual cenário político-econômico, as dúvidas se vale a pena investir em imóveis estão cada vez mais frequentes na cabeça dos investidores. Diante disso, é preciso tomar alguns cuidados antes de fechar qualquer negócio em alguma propriedade.

Antes de comprar apartamentos novos, é importante refletir se é vantajoso adquirir um bem de alto poder aquisitivo enquanto a economia do país estiver se reerguendo. Isso porque os riscos de investir no mercado hoje em dia, bem como se adquirir um imóvel na planta é mais vantajoso, precisam ser analisados pelo comprador.

Confira, a seguir, algumas informações importantes sobre como investir na compra de novos apartamentos hoje em dia. Além disso, fique por dentro da atual situação do mercado imobiliário e do cenário político-econômico brasileiro!

Vale a pena investir em imóveis diante do contexto político-econômico atual?

Após um período de recessão e queda no número de vendas, o mercado de imóveis brasileiro tem apresentado uma constante reaquecida nos dois últimos anos. Contudo, muitos investidores ainda não consideram o momento ideal para a compra e venda de apartamentos nas grandes cidades.

Em 2017 e 2018, a inflação acumulada fechou em 2,95 e 3,69% (previsão), respectivamente. Como consequência, a economia brasileira apresentou um leve sinal de recuperação perante a crise instaurada no país entre 2014 e 2015. Já para este ano, a estimativa é de 4,03% — abaixo do teto estipulado de 4,25% —, de acordo com o último relatório Focus do ano passado divulgado pelo Money Times.  

Atualmente, a taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia) está estacionada em 6,5% com previsão de alta para 7,13% até dezembro de 2019. Ao mesmo tempo, o PIB (Produto Interno Bruto) possui estimativa de ter aumentado 1,3% no ano passado e com previsão de atingir a marca de 2,53% neste ano.

Ao mesmo tempo em que a economia brasileira se reestrutura, o ano passado foi marcado por uma profunda crise política por conta das eleições. Nesses períodos, geralmente ocorre uma maior movimentação de dinheiro com a compra de bens imobiliários e realização de investimentos.

Prova disso é o aumento no número de imóveis residenciais comercializados em São Paulo entre os meses de janeiro e outubro de 2018. Segundo o Secovi-SP (Sindicato da Habitação), os dez primeiros meses do ano passado apresentaram um crescimento de 41,2% em relação ao mesmo período de 2017.

Riscos de realizar investimentos imobiliários em 2019

Muitas pessoas se perguntam se vale a pena investir em imóveis enquanto a economia estiver se recuperando ou apenas quando se estabilizar. Inclusive, muitos apostam suas economias no setor para terem uma renda extra todo de mês graças ao recebimento de um aluguel.

Mas o que fazer quando o apartamento está difícil de ser locado? Nessa situação, não resta outra opção a não ser arcar com as despesas ou colocá-lo à venda. Uma das soluções para reverter esse problema é alugar o imóvel por um preço mais baixo até a economia se restabelecer completamente.

Os momentos certos de comprar um apartamento como investimento

Comprar um apartamento requer muita pesquisa a fim de se obter os melhores resultados com relação a valor, formas de financiamento, localização, etc.

Para quem deseja investir em imóveis, é recomendado pesquisar qual é o mais vantajoso a ser comprado: na planta, em fase de construção ou pronto. Conheça quais as principais vantagens de comprar um imóvel novo em cada um desses momentos!

Apartamento na planta

Uma das principais vantagens de investir em imóveis na planta é sua valorização enquanto estiver sendo construído. Imóveis em projeto geralmente possuem condições de pagamento mais flexíveis e permitem um maior tempo para o comprador solicitar um financiamento ou crédito imobiliário.

Nesse caso, a dica é fechar negócio logo nos primeiros dias de lançamento pois, assim, é possível pagar um valor mais baixo pela propriedade. Com isso, quando o mesmo estiver pronto, você pode vendê-lo por um preço mais elevado e obter grande lucratividade. Por exemplo: se o apartamento custar R$ 600 mil na planta; quando estiver com as obras concluídas, possivelmente não valerá menos de R$ 900 mil.

Apartamento pronto para morar

Se deseja lucrar com o novo imóvel o quanto antes, o ideal é investir em imóveis prontos. Na maioria das vezes, o período correspondido entre o fechamento do negócio e a entrega das chaves não costuma durar mais de 60 dias.

Ao comprar um imóvel nessas condições, não será preciso se preocupar com possíveis atrasos nas obras e o descumprimento do prazo de entrega por parte da construtora. Além disso, um financiamento também é possível, desde que seja dado um valor como entrada.

Entre investir em imóveis ou ações, o melhor é optar pela primeira opção, mesmo em períodos de recuperação da economia. Por isso, caso queira comprar um apartamento novo como forma de investimento, acesse o site do Meu Imóvel e confira nossas opções!