A planta de apartamento é um dos principais itens a serem analisados durante a compra de um novo imóvel, principalmente se o mesmo ainda não começou a ser construído. Contudo, muitos brasileiros acabam sentindo algumas dificuldades para entender cada detalhe que faz toda diferença.

Basicamente, o projeto é feito por escalas capazes de diminuir proporcionalmente o tamanho de cada cômodo do bem. Confira, neste post do Meu Imóvel, mais informações sobre como comprar um imóvel levando em consideração os detalhes presentes em sua planta!

Como é feita a planta de um apartamento?

O projeto dos imóveis é executado em plano horizontal sobre uma folha e devem constar informações detalhadas sobre todos os cômodos da propriedade e suas respectivas metragens. Com isso, o futuro morador poderá dimensionar os espaços, sempre prezando por um melhor aproveitamento de cada um.

Os projetos geralmente são feitos em escala reduzida e proporcional ao tamanho de cada cômodo, garantindo melhor visibilidade ao morador. Por exemplo: se um dormitório de 16 m² está inscrito na planta no tamanho de 32 cm, sua escala será 1:50, mantendo as devidas dimensões.

Durante a construção de apartamentos novos, o uso da planta é indispensável para nada fugir do controle e evitar ser erguido com alguma metragem errada. Além disso, nela é preciso ter detalhes sobre onde deve ser instalado o encanamento e a fiação do imóvel por dentro das paredes ou do chão.

O que se deve analisar na planta antes de comprar um imóvel?

Alguns detalhes são fundamentais e precisam ser analisados antes do comprador fechar negócio em um novo apartamento. Dentre os principais estão as portas, janelas e paredes, considerados fundamentais por serem itens estruturais. Enquanto as janelas são representadas por três ou quatro riscos, as portas são ilustradas com arcos delimitadores do seus ângulos de abertura.

No caso de apartamentos duplex, o imóvel deve conter dois desenhos: a do piso inferior — onde geralmente estão situadas a sala e a cozinha; e a do superior, representando os dormitórios/suítes e outros ambientes. Dessa forma, o comprador terá mais facilidades em interpretar projetos desse tipo.

Há ainda as plantas hidráulicas e elétricas, que mostram onde estão as tubulações, tomadas e conduítes do apartamento. No caso de ambientes como cozinha, varanda e banheiro, o projeto indicará quais paredes são propícias para receberem torneiras, chuveiros, dentre outros equipamentos.

Planta baixa humanizada: mais detalhes sobre o projeto

Ao comprar apartamento na planta, além de analisar os desenhos descritos acima, peça sempre para ver o projeto humanizado do imóvel. Rico em detalhes, geralmente ele é colorido e ilustra todos os cômodos mobiliados e, até mesmo, a varanda de acordo com a dimensão do cômodo.

Em algumas situações, a planta baixa humanizada é a primeira a ser exibida ao  possível comprador. Caso a pessoa demonstre interesse pelo projeto, os demais desenhos são apresentados com detalhes.

Cuidados ao verificar a planta do apartamento

Durante o processo de compra de um apartamento, alguns cuidados precisam ser tomados durante a análise da planta. Dessa forma, será possível escolher com mais cautela qual imóvel atenderá melhor seu estilo de vida. Confira:

  • entre em contato com algum arquiteto para fazer a análise do projeto junto com você. Com a ajuda de um profissional, fica mais fácil descobrir se determinada propriedade atenderá ou não suas expectativas;
  • analise o tamanho de cada cômodo e verifique se estão de acordo com suas necessidades. Esse cuidado é muito importante principalmente durante a escolha do mobiliário,
  • mesmo sendo de metragens iguais, alguns apartamentos podem estar posicionados para a rua e outros aos fundos do condomínio. Portanto, saiba qual melhor lhe agrada.

Meu apartamento não foi entregue conforme a planta, o que fazer?

Se, durante a mudança, você descobriu que o apartamento não foi entregue com as medidas especificadas na planta, é possível entrar na justiça e esclarecer possíveis irregularidades existentes na propriedade. Como o imóvel foi adquirido de uma construtora ou incorporadora, seus direitos são assegurados no CDC (Código de Defesa do Consumidor).

De acordo com o artigo 30, o apartamento entregue ao morador deve seguir fielmente todos os detalhes presentes nas plantas, sites e folhetos impressos. Caso essa norma não seja obedecida, o consumidor é dado como lesado por propaganda enganosa ou, até mesmo, falta de transparência entre ele e a empresa responsável.

Dessa forma, é dever do consumidor exigir a execução das obras necessárias para o imóvel ser entregue igual ao retratado na planta de apartamento sem nenhum custo adicional. Além disso, a empresa pode oferecer outra propriedade de mesmo valor ao cliente ou ainda a rescisão do contrato com todo o montante pago pelo morador devolvido.

Agora que você já sabe como comprar um apartamento na planta analisando todo o seu projeto, chegou o momento de adquirir uma nova propriedade. Confira, no site do Meu Imóvel, diversos lançamentos e descubra quais melhor atendem seu estilo de vida!

Copyright © 2017 blog.appmeuimovel.com é uma iniciativa do appmeuimovel.com